Como Saber Quando Trocar os Pneus do Carro

Como Saber Quando Trocar os Pneus do Carro

Como Saber Quando Trocar os Pneus do Carro

Você já se perguntou quando substituir seus pneus gastos?

A performance deles é essencial para a segurança, o desempenho e a eficiência do veículo.

Nos EUA, por exemplo, o Departamento Nacional de Trânsito estima que cerca de 200 fatalidades anuais podem ser causadas por falhas nos pneus.

A maioria deles é feita para fornecer uma performance semelhante ao longo da vida útil; entretanto, em algum momento, eles começam a perder a capacidade em termos de tração e habilidade de frear.

Seguem algumas dicas que ajudarão você a decidir se é hora de comprar um novo conjunto e evitar gastar mais do que o necessário.

1) Entenda que a função primária das bandas de rodagem do pneu é desviar a água abaixo dele para melhorar a tração e evitar a aquaplanagem nas estradas molhadas.Os pneus tornam-se instáveis quando estão gastos, e depois que a banda diminui para 1,6 mm, o item não é mais seguro.

 

2) Observe o padrão das bandas de rodagem. Todos os pneus vendidos no mundo têm o que é chamado de barras de desgaste, pequenas pontes que se formam entre as bandas de rodagem.

 

3) Verifique a banda de rodagem usando o teste da moeda. Pegue uma moeda de R$ 1,00 e coloque-a no centro da banda, na parte mais grossa do pneu.
Se puder ver a parte dourada da moeda quase toda, substitua os pneus imediatamente.
Caso consiga ver um pouco da parte dourada, é hora de ir comprar pneus novos.

 

4) Use um paquímetro ou um indicador da profundidade das bandas de rodagem. Você pode usar uma ferramenta especial ou um paquímetro para medir as bandas de rodagem do pneu. Caso não tenha um, o paquímetro é barato nas lojas de autopeças e fácil de usar.

 

5) Conheça as exigências legais. Os pneus gastos devem ser substituídos por uma questão de bom senso para garantir a segurança, mas também há exigências legais para se trocar pneus gastos.

 

6) Preste atenção em qualquer desgaste irregular das bandas. Ele pode indicar desalinhamento das rodas, necessidade de rotação dos pneus ou ambos.

 

7) Procure por inchaços ou “bolhas” na lateral. Um inchaço lateral indica que o quadro interno rígido do pneu foi danificado e rachado, permitindo que a pressão do ar chegue às camadas externas flexíveis.

 

8) Substitua os pneus pelo menos a cada seis anos. Se não tiver certeza, o tempo mínimo de substituição recomendado é de seis anos, não importa o uso, com dez anos sendo a vida útil máxima dos pneus.

 

9) Note uma vibração no volante. Se seus pneus estiverem gastos de modo irregular, você poderá sentir uma vibração no volante quando estiver dirigindo. Os pneus provavelmente precisam ser rebalanceados. Se mesmo assim a vibração continuar, o pneu provavelmente está danificado.

 

10) Veja se há ressecamento. Se você vir pequenas rachaduras em todo o pneu, a borracha está se desmanchando. Os pneus ressecados podem se separar da cinta de aço, causando danos ao exterior do carro.

 

X